quinta-feira, 31 de março de 2011

Wind of change


Aqui do meu travesseiro eu vejo um retângulo de céu azul. Com nuvens espichadas feitas de floquinhos , na moldura de cortina azul e ao som de Aimee Mann.


Aí veio o vento. É no vento que eu sinto as mudanças de estação, o novo ciclo da vida chegando, o vento me traz inícios.


Signo de ar, sensível aos ventos. O vento me diz que é tempo de outono, quando as manhãs são lindas e azuis. O vento de outono é suave, contraste com a luz escandalosa do sol.


Eu sempre adorei azul. Eu sempre adorei janelas.


domingo, 27 de março de 2011

This is war

This is rock. Minha banda favorita do século 21.

domingo, 20 de março de 2011

O Outono tão esperado

Chega hoje... oficialmente às 20.21 horas, e para comemorar eu terminei um trabalho que já estava em andamento. Um xale de tricô, de fio de algodão, marrom e bege, com botões vintage e uns toques de turquesa. Já vem com broche, de tecido anarruga listrado creme e azul.
Uma delícia de vestir, macio e na medida pra proteger do ventinho.
Adoro peças de inverno, echarpes, xales e seus derivados. Adoro me embrulhar.
Devo ter vivido na Roma antiga em outra encarnação.
Bons ventos recebam o Outono e tragam aqueles dias lindos de céu azul.
E um pouquinho de frio não faria mal a nenhum paulista...

sábado, 19 de março de 2011

Quando eu crescer...

...eu quero ser igual à Lu Gastal.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Trilha sonora

Os dias nublados e chuvosos de março têm sido azulados com este som mágico.

segunda-feira, 7 de março de 2011

Mãos muito ocupadas, cabecinha girando


Até de olhos fechados vejo paninhos, botões e pedaços de feltro.
Saber que tudo isso já existia aqui dentro e só estava esperando uma portinha pra sair e tomar forma. Este ano ia sair de qualquer jeito, num ateliê ou em bazares...
A escola vai ser um ensaio para o que pode vir depois.