terça-feira, 19 de maio de 2009

Sem fio, mas nem tanto


Como boa mãe do século passado, eu não poderia me dar ao luxo de ficar só curtindo meu brinquedo o tempo todo. Tem casa pra cuidar, Filho pra alimentar, Marido pra mimar e gatos pra escovar. E nas horas vagas, uma mesa cheia de linhas e agulhas para costurar feltro, fazer colares e broches e o tricozinho da estação.
*Imagem ilustrativa. O filhote da foto não pertence à família. Infelizmente.


4 comentários:

Gata Lili disse...

Aqui em casa minha mãe também se desdobra para cuidar de nós gatinhos que somos quatro, do meu pai e da casa e ainda tem que estudar para concursos.

GATO FACEIRO disse...

AMO GATOS COMO VC...VISITE MEU BLOG TB

Teodoro disse...

Linda foto!

Anônimo disse...

KIRIDA!!!
SE TIVER LÃ SOBRANDO E TEMPO TB. E QUISER FAZER CACHECOL, O FUNDO SOCIAL ACEITA DOAÇÕES! E SE TIVER BIJUS VELHAS, QUE ESTIVER DE SACO CHEIO, SAPATOS, BOLSAS, ARMAÇÕES DE ÓCULOS, ETC, TB. SERÁ BEM-VINDO!!! (SERÁ Q. ESSA PALAVRA MUDOU COM A REFORMA ORTOGRÁFICA, HEHEHE).
BJS, TINA!!!