sexta-feira, 30 de maio de 2008

Vou de táxi


Dirigir automóveis: eu nunca encarei isso como habilidade natural dos seres humanos, como andar e falar.
Para mim, é uma tarefa que se aprende (ou não), que se gosta (ou não) e que pode ser bem executada ou mal executada.
Explicando: acho que dirigir um carro é uma atividade que precisa de aprendizado e talento. Como costurar uma roupa. Como construir uma casa. Como plantar uma horta.
Há bons costureiros e maus costureiros, bons pedreiros e péssimos pedreiros, etc.

Quando eu era jovem, as pessoas me olhavam com espanto quando eu dizia que não dirigia. Perguntavam se era algum trauma. Me aconselhavam a procurar um psicólogo.
Ninguém é discriminado quando diz que não sabe cortar cabelos. Mas se você não pilota seu próprio carro tem alguma coisa diferente.

Eu sei fazer coisas que um monte de gente não sabe.
Mas, pra dirigir, eu prefiro contratar um profissional.

4 comentários:

Anônimo disse...

UM DIA EU VITO PILOTA!!!!

Lina Gatolina disse...

não entendi.

Anônimo disse...

UM DIA EU VIRO PILOTA!

Anônimo disse...

Gatolina,

Que bom que não sou a única neste universo a não dirigir...rs. Estava me achando fora do tempo mas já vi que terei companhia.