domingo, 25 de janeiro de 2009

Bloqueio do espaço aéreo

Preciso urgentemente colocar um aviso na minha casa, qualquer coisa que avise o pessoal de penas que aqui tem gatos e que gatos caçam. Passarinhos, pombinhas, periquitos, tudo que passar voando é um alvo.
Não aguento mais tentar salvar a vida de pardais abocanhados. Até beija-flor já resgatei.
As pombinhas são burras o suficiente para fazerem ninhos em locais totalmente desprotegidos. E lá vão os predadores, salve-se quem puder.
O Willy tem orgulho de vir mostrar as presas capturadas, mia com o infeliz entre os dentes até que eu lhe dê atenção e alguns elogios - ele quer aplausos pelo seu feito!
O Mel não tem aparecido com caças, me poupem de pensar o que ele faz com os pobrezinhos.
São gatos "de família", mas o instinto é sempre mais forte.
A arara do meu vizinho que não saia da gaiola.

PS: Só tem uma coisa engraçada: a caçada às cigarras na primavera, quando eles entram em casa com a dita cuja na boca, insistindo em cantar depois de capturada. E os sons são mais ou menos assim... ssississmeowsssszzzmmmmmssssisisisissssmmmm....

8 comentários:

Silvia disse...

o Jafar era o gato caçador da família. Nada que se mexia sobrevivia ao danadinho. E não era por falta de comida, de atenção, de brinquedos, nada... realmente falta um sistema de alerta para os amigos de penas e lagartixas mais desatentos! :D
bjocas!

disse...

meu cachorrinho que morreu, o still, era um poodle de apartamento e, mesmo assim, caçava passarinhos na varanda dos meus pais, acredita?
o brother costuma me trazer moscas mortas e outro dia a gigi apareceu com uma borboleta na boca...

Teodoro disse...

Esta da cigarra eu até queria ver! : )))

Felina Família disse...

Dê, eu vi que me chamou aquele dia mas eu não estava no micro...
Me desculpa?
Chama de novo! Agora voltei a trabalhar, estou em casa pela manhã e após às 9:30hs!
Beijo

d e n i s e disse...

.
ahhhuhauauhauha
o meu mani-ronrón já me apareceu com uma cigarra na boca, eu morri de rir!
=^.^=

Tati disse...

Oi Lina, passa no nosso blog que tem selinho pra ti. Bjs!

Gisa disse...

Há poucos dias estranhei não ver nenhum gato no pátio. Cheguei na lavanderia e havia 11 gatinhos em torno de algo. Fui examinar e vi que eram os restos mortais de um passarinho (ninguém assumiu a autoria do crime). Foi a primeira vez e espero que a última também, mas fazer o que, é a natureza deles!
Bjs

d e n i s e disse...

.
oiê!!!
indiquei um selinho pra ti!
passa lá no maquinim!
beijo!
.